terça-feira, 22 de junho de 2010

DIGA NÃO A BIRRA!

Como era fácil trocar fraldas! Tempo bom.
De um tempo pra cá trocar a fralda da Beatriz esta sendo uma luta!
Ela dá birra, chora, se vira no tracador, tranca as perninhas, tudo pra não deixar trocar a fralda.
GENTE ISSO É NORMAL?????
Estou a um golinho de perder a paciência.
Acho que ai cabe umas palmadinhas sim. Oras bolas!
>> No nosso tempo, mamãe e papai não esitavam e dar umas palmadas, e nem por isso a gente morreu ou somos adultos infelizes.
Esse blá blá blá de que não se deve dar umas palmadinhas de vez em quando o conto da carochinha.
Se os pais realmente fossem firmes, hoje o mundo não estaria desde jeito.
Adolescentes e adultos sem limites!
Olha a zorra que a gente vive!
TÁ NA HORA DE MUDAR TUDO!
Hoje se uma criança é corrigida pelo professor, vai lá a mãe reclamar na diretoria.
ORAS, SE O PROFESSOR NÃO PODE CORRIGIR SEU FILHO EM SALA DE AULA, NÃO MANDE ELE PRA ESCOLA!
Quantas vezes ouvi na faculdade, um amigo de classe dizer ao professor que quem pagava o salário dele era ele.
De onde você acha que ele tirou isso?
Da má educação que recebeu em casa. Derrrr
>>> Hoje a criança é vista como um cristal. Não se pode reprovar a criança no começo do ensino porque por frusta-la. ABSUUUUUURDO!
Só aqui no Brasil. Em outros paises o ensino é levado muito mais a sério.
E a culpa é de quem?
DOS PAIS!!! CLAROOOOOOOOOOOOOOOOO
Sempre defendo sua cria.
Sempre dando tudo o que querem.
Nunca dizendo não.
GENTE, SOMOS AS MÃES DO FUTURO E TEMOS QUE MUDAR ISSO.
Vai dizer que a 20 anos atras não era tudo muito mais fácil e tranquilo.
Casas de muros baixos. Pão entregue na porta. ( hoje a casas são verdadeiras fortalezas )
As crianças podiam brincar na rua e a mãe ficar tranquila dentro de casa. ( 40 mil crianças desaparecem no Brasil por ano )
Os professores eram respeitados, afinal, eles ficam com seus filhos parte da vida, merecem respeito!
MAMÃES, VAMOS MUDAR ISSO.
VAMOS EDUCAR NOSSO FILHOS, VAMOS SER FIRMES!
Para que eles possam viver num mundo melhor do que vivemos hoje.

10 comentários:

Adriana disse...

Muito bom seu post. Ás vezes deixamos de dar uma palmada nas crias e depois eles tomar uma porção de porrada da vida....esses dias eu quase fui "linchada" no orkut porque disse que não acreditava em "fases das crianças" acho que algumas mães dão a desculpa de que é uma fase para a birra do filho deixando passar só que aí as "fases" só tendem a piorar, quando estão com 6 anos querem bater nos pais......aqui em casa birra é tratada como birra e como má educação, coloco tudo no seu devido lugar antes que minha filha vire uma monstrinha!! heheheheheehhe

bj

Marina S. Carneiro disse...

Dri, amiga!
Amei o post viu.. Concordo com vc!! DIGA NÃO A BIRRA...
E a educação da Bia, se espelhe sempre nos seus principios, tenho certeza que vai dar tudo certo!

Saudadeeee, mta!

Beijos em vc e nessa menininha linda!

Roberta Mendes disse...

Amei o post e concordo muito com vc!!!

Eu tenho 2 irmaos gemeos e eles tem mais respeito por mim do que por minha mae... E sabe pq???
Pq eu dava as palmadinhas qndo era necessario!!!
Eles nao tem medo de mim, tem respeito!!!

Fui criada na base da chinelada, da cintada e de sei lá mais o que!!!

E hoje tenho muito respeito pela minha mae!!! Q na epoca nao teve muita paciencia comigo!!!

Bjos pra vcs!!!

Roberta Mendes disse...

PS: Eu era um escandalo de birrenta!!!

Hoje, imagino o que minha mae passou!!!

E agradeço por todas as broncas e palmadas dadas!!!

Sofia disse...

Amiga,
Não podes estar mais certa. Dar palmadas na hora certa é sinónimo de educar. Não estamos a falar em bater com força ou dar surras. O Tomás também apanha umas quando faz das dele. Inicialmente era com mais frequência mas agora percebeu que um não, se for desautorizado, pode doer um bocadinho e já pensa duas vezes antes de repetir.
Eu também apanhei umas palmadas e sempre tive muita educação. Certamente os meu filhos terão a mesma educação.
Um grande beijo.

TALITA PORTES disse...

acho q palmadas quando muito necessario ...aqui em casa tb esta ficando complicado trocar fralda tem hora q respiro fundo d falta d paciencia aff...bjus

Fabiana disse...

Oi Madri, obrigada pelo comentário. Deu um problema na hora de publicar, mas consegui saber pelo meu e-mail então copiei e colei.
Gostei do seu blog.
Fabi

Ser mãe é viver constantemente feliz! disse...

Oi querida, nossa concordopelnamente com tudoq ue vc disse, tem umas mães próximas à mim que deixam a criança fazer o que quer, gritam, batem, jogam as coisas e as mães ficma alí paradas, nossa se é comigo eu sou firme com o Rafa. Ele é uma criança maravilhosa, não me dá trabalho, mas acho que é por conta de como eu sou com ele tbm, não dou mole não, tem que ter respieto por mim , pelo próximo, enfim, um dia chegaremos lá....beijos

tais disse...

querida que post otimo
Olha so convesro muito com meu marido sobre isso , vejo a craiançada reinando com os pais nos mercados, loja ou mesmo na rua e ja logo falo ai se o Junior faz isso , dou-lhe muitas palmadas ai penso sera que adianta??? se nao adiantar pelo menos estarei tentando corrigir ..
se estremos certas ou nao , isso nao ssei mas e tentando que aprendemos ne

bjs

Christiane disse...

olha dri não é fácil, eu confesso que achei que seria muito mais fácil, e qdo eles crescem vai piorando ainda mais, aqui em casa eu pego no pé da isabella, mas mesmo assim ainda tem birra ... a fase da fralda tb é bem difícl, e agora que eles entendem mais tento conversar, mas algumas vezes tenho que falar mais alto, mostrar o chinelo e tudo .... minha educação foi bem rígida, minha mãe ficava em cima e hj eu agradeço por tudo que sou a ela ....
mas somos mães e temos que orientá-los em tudo, e somos humanas .... e erramos muito tb ....
é muito difícil a tarefa de ser mãe mas é tb muito prazeroso ....
amiga adoro vc ..... grande beijo
chris e isabella